O direito e suas vertentes. Em qual área atuar?

O direito e suas vertentes. Em qual área atuar?

Que o direito é um dos cursos mais concorridos dos vestibulares, isso não é segredo para ninguém, mas qual será a razão disso? Diversos motivos estão por trás dessa grande procura, dentre eles podemos destacar a ascensão de alguns ramos e também a alta remuneração em alguns cargos como no serviço público, por exemplo, em que o salário ultrapassa a casa dos R$ 20 mil.

A modernização e a evolução constante da profissão colaboram para o surgimento de novas oportunidades. A exploração e o domínio de novas vertentes acabam sendo diferenciais para o profissional que atua em um mercado disputado como o da advocacia.

Visto isso, vamos falar um pouco sobre algumas áreas de atuação, umas mais tradicionais, portanto, mais saturadas e ao mesmo tempo mais acessíveis e outras que estão conquistando destaque nos últimos anos.

1. Direito Tributário

Essa é a área do direito que se presta ao estudo jurídico da tributação, não empenhando esforços na destinação efetiva, aplicação ou gerenciamento desses recursos.

Levando em conta que o direito tributário é um dos ramos que mais cresce no país, devido a complexa estrutura tributária do Brasil, é de extrema relevância que o profissional que deseja atuar nesse setor tenha pós graduação ou curso de extensão na área contábil.

2. Direito Digital

O direito digital vem crescendo nos últimos quatro anos de acordo com a evolução tecnológica. É um ramo que oferece ao profissional desafios inovadores e complexos gerados através do meio de comunicação que mais cresce no mundo: a internet.

Ele é o resultado da relação entre a ciência do Direito e a Ciência da Computação sempre empregando novas tecnologias. Trata-se do conjunto de normas, aplicações, conhecimento e relações jurídicas, oriundas do universo digital.

3. Direito Trabalhista

A área trabalhista é mais tradicional e de alta procura, devido o aumento do número de demissões da indústria por causa da retratação econômica. Ao optar por esse ramo, o profissional irá representar empresas ou pessoas nas disputas entre empregado e empregador.

Esse setor do direito é composto de conjunto de normas, princípios e outras fontes jurídicas que regem as relações de trabalho, regulamentando a condição jurídica dos trabalhadores.

4. Direito Ambiental

Com uma sociedade cada vez mais atenta às questões de sustentabilidade, essa á outra área que tende a crescer cada vez mais, o profissional que se habilita a dominar esse setor tem tudo para se destacar e conquistar um diferencial em meio a tantos outros concorrentes.

O direito ambiental regula a relação dos indivíduos, governos e empresas com o meio ambiente. Tudo isso com o objetivo de conciliar os aspectos ecológicos, econômicos e sociais com a melhoria da condição ambiental e bem estar da população, protegendo, assim, o meio ambiente, evitando danos a ele e garantindo que ele permaneça saudável para as próximas gerações.

Outros

Fora essas que abordamos, existem outras diversas áreas de atuação para os graduados em direito, a lista é extensa e opção é o que não falta, sem contar os cargos para quem deseja seguir carreira pública.

Enfim, a escolha não é fácil, para isso é preciso saber como cada área funciona, fazer pesquisas sobre todas elas, conversar com quem já está no meio e, acima de tudo, dedicar-se àquilo que se gosta, afinal não existe sucesso no trabalho sem amor à profissão.

Deixe uma resposta